O Slack não apresenta criptografia de ponta a ponta, porque os clientes pagantes são contra esse recurso

A criptografia de ponta a ponta é uma maneira de criptografar dados quando somente usuários que acessam uns aos outros têm acesso a mensagens. Esse tipo de proteção é cada vez mais usado por mensageiros instantâneos, mas os desenvolvedores do Slack decidiram abandoná-lo, porque os clientes solventes são contra a introdução da criptografia.

O Slack é um programa de mensagens não convencional projetado para empresas e projetos de trabalho. Esta é a razão pela qual a plataforma ainda não mudou para criptografia de ponta a ponta.

“Pagar clientes, ao contrário, quer acesso à correspondência da empresa”, observa um ex-funcionário. “Isso significa que o cliente controla as chaves de toda a organização para realizar uma investigação interna, se necessário, para monitorar a implementação de projetos e outros problemas organizacionais”.

Ao mesmo tempo, o Chief Information Security Officer do Slack, Jeff Belknap, escreveu no Twitter que a criptografia de ponta a ponta “não é algo que tenhamos grande demanda dos clientes”.

O Slack permite que você troque mensagens para os usuários, além de criar bate-papos em grupo. O serviço está disponível em várias opções: a versão gratuita permite procurar por um número limitado de mensagens. Versões pagas fornecem pesquisa ilimitada, chamadas de grupo e vários recursos de segurança. Grandes empresas, departamentos governamentais e outras organizações podem escolher uma versão corporativa personalizada projetada para unir vários espaços de trabalho do Slack.

Leave a Reply