Os cientistas criaram um programa que mais eficazmente detecta a depressão nas pessoas

Cientistas americanos do Centro Médico de Saúde Digital. Penna publicou os resultados do estudo, que analisou os dados de perfil dos voluntários do Facebook 683. Entre os participantes do experimento estavam 114 pessoas que foram diagnosticadas com depressão, e os cientistas conseguiram identificar essas pessoas entre outros.

Note-se que o programa desenvolvido pelos cientistas permite que você veja “marcadores linguísticos” em uma conta do Facebook. Eles podem indicar que um usuário tem depressão. E o diagnóstico é feito em média 3 meses antes do que os médicos.

Entre os marcadores que revelam depressão, há palavras como “solitário”, “lágrimas” e outros.

O algoritmo também chama a atenção para o comprimento dos posts e os pronomes usados ??pelo usuário.

Segundo o cientista Andrew Schwartz, que participou do experimento, as redes sociais podem ser usadas para o bem.

– Existe uma opinião de que o uso de redes sociais afeta negativamente a saúde mental. No entanto, as redes sociais podem ser uma ferramenta importante para diagnóstico, monitoramento e, finalmente, tratamento, citou o jornal Independent, citando Schwarz.

Os cientistas acreditam que a tecnologia pode ser melhorada através da inclusão na lista dos dados de informação analisados ??a partir dos telefones ou criando um programa para analisar fotos postadas em redes sociais.

.

Leave a Reply